VOCÊ NO SAMBA / Galerias

  • Mangueira encerra a primeira noite dos desfiles de 2023

    Lucia Mello em 28 de Fevereiro de 2023

    Com o enredo "As Áfricas que a Bahia canta” – Quando o verde se derrama em rosa pela Avenida, o céu se agita, o morro mostra seu samba como Ilú a replicar, a Estação primeira de Mangueira adentra rasgando o solo sagrado do samba, levando o público que aguardou firme o desfile da verde e rosa ao delírio.

    O tema foi desenvolvido pelos carnavalescos Guilherme Estevão e Annik Salmon.

    O samba enredo é dos compositores: Lequinho, Junior Fionda, Gabriel Machado, Guilherme Sá e Paulinho Bandolim

    Os Intérpretes: oficiais da escola são: Marquinho Art'Samba e Dowglas Diniz

    Confira a letra do samba:

    Oyá, oyá, oyá eô!

    Ê, matamba, dona da minha nação

    Filha do amanhecer, carregada no dendê

    Sou eu a flecha da evolução

    Sou eu, Mangueira, a flecha da evolução

    Levo a cor, meu ilu é o tambor

    Que tremeu Salvador, Bahia

    Áfricas que recriei

    Resistir é lei, arte é rebeldia

    Coroada pelos cucumbis

    Do quilombo às embaixadas

    Com ganzás e xequerês, fundei o meu país

    Pelo som dos atabaques canta meu país

    Traz o padê de Exu

    Pra mamãe Oxum tocar o ijexá

    Rua dos afoxés

    Voz dos candomblés, xirê de orixá

    Deusa do ilê aiye, do gueto

    Meu cabelo black, negão, coroa de preto

    Não foi em vão a luta de Catendê

    Sonho badauê, revolução didá

    Candace de Olodum, sou debalê de Ogum

    Filhos de Gandhi, paz de Oxalá

    Quando a alegria invade o Pelô

    É carnaval, na pele o swing da cor

    O meu timbau é força e poder

    Por cada mulher de arerê

    Liberta o batuque do canjerê

    Eparrey oya! Eparrey mainha!

    Quando o verde encontra o rosa, toda preta é rainha

    O samba foi morar onde o Rio é mais baiano

    O samba foi morar onde o Rio é mais baiano

    Reina a ginga de iaiá na ladeira

    No ilê de Tia Fé, axé Mangueira!

    Ficha técnica

    Fundação: 28 de abril de 1928

     Cores: verde e rosa

     Presidentes de Honra: Hélio Turco

     Presidente: Guanayra Firmino

     Carnavalescos: Gui Estevão e Annik Salmon

     Diretor de Carnaval: Amauri Wanzeler

     Mestres de Bateria: Taranta Neto e Rodrigo Explosão

     Rainha de Bateria: Evelyn Bastos

     Mestre-Sala e Porta-Bandeira: Matheus Olivério e Cintya Santos

     Comissão de Frente: Cláudia Mota





ANUNCIANTES






SIGA O Ti Ti Ti!

#TITITIDOSAMBA