NOTÍCIAS / Tudo sobre Samba

  • Novo prédio do Cordão da Bola Preta vira alvo de disputa

    Lucia Mello em 05 de Março de 2009

    Rio - Um imóvel disputado por policiais e por um bloco de Carnaval. O prédio da esquina das ruas da Relação com a do Lavradio, doado pelo governador Sérgio Cabral ao Cordão da Bola Preta, já foi sede do Sindicato dos Funcionários da Polícia Civil do Estado do Rio (Sinpol). Inconformados com o despejo, os agentes prometem, mais uma vez, pedir à Justiça seu endereço de volta, como revelou nesta terça a coluna ‘Informe do DIA’.

    Despejado em janeiro de 2008 de sua sede na Avenida Treze de Maio, no Centro, por conta um calote de 10 anos no IPTU, o Cordão da Bola Preta ocupou o prédio na Lapa no Sábado de Carnaval. A agremiação ainda precisa arrecadar fundos para reformar o local.
    A confusão em torno do imóvel, que pertencia à Riotrilhos, começou durante a gestão da governadora Rosinha Garotinho, que cedeu o local para o Sinpol. O sindicato, no entanto, nunca teve sua posse definitiva, mas ocuparam-no e, argumentam, investiram R$ 300 mil na reforma do prédio. Os policiais querem recorrer à Justiça para, pelo menos, serem indenizados em R$ 300 mil pelas melhorias que alegam ter feito no local.

    Decisão da juíza da 15ª Vara de Fazenda Pública, Alessandra Tufvesson Peixoto, freou a pretensão do Sinpol de impedir o Bola Preta de ocupar o prédio. A juíza entendeu que o estado tinha todo o direito de doar o local a quem quisesse. Os advogados do Sinpol avisam: ainda não desistiram de barrar a entrada dos foliões no salão.



ANUNCIANTES






SIGA O Ti Ti Ti!

#TITITIDOSAMBA