NOTÍCIAS / Tudo sobre Samba

  • Festival Rio Diversidade 2024: Talk Show com participação do estilista Carlos Tufvesson, apresentação do Coro LGBTQIA+ da Rocinha, e muito mais no MAR

    Redação em 15 de Maio de 2024

    "Vamos promover a equidade de gênero e raça na nossa cidade e impulsionar o diálogo sobre a Diversidade Cultural!" - Ana Brites (curadora)


     Para celebrar o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, a edição inédita do Festival Rio Diversidade 2024 apresenta no Museu de Arte do Rio – MAR, dia 21/5, terça-feira, a partir das 14h30, uma programação gratuita recheada de muito diálogo, diversidade, música e inclusão. O evento com participação de representantes da juventude e de diferentes grupos sociais busca contribuir para acabar com a invisibilidade e somar ótimo conteúdo à luta pela inclusão social com respeito à diversidade cultural.

    A proposta pensada com base no tripé conceitual "raça, corpo e território" é para através do diálogo fazer valer a pauta da diversidade na Cidade do Rio de Janeiro. Ana Brites, curadora e idealizadora do Festival, explica que "nesse primeiro evento, temas como racismo estrutural, gênero e imigração serão discutidos com a intenção de ajudar na construção de uma sociedade mais justa".

    Segundo Brites, a cultura está diretamente ligada à identidade social e aos Direitos Humanos e abrange aspectos intelectuais, econômicos, sociais, criativos e religiosos. "A preservação e o respeito à diversidade cultural são indispensáveis para manutenção da própria dignidade humana" - ressalta.

    Em 2001, a ONU aprovou a Declaração Universal da UNESCO para a Diversidade Cultural. O Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, celebrado em 21 de maio, foi proclamado com o objetivo de fomentar a importância da compreensão do conceito de multiplicidade.

    _ Com o Festival inédito queremos apoiar em nossa cidade o desenvolvimento e a promoção da convivência de indivíduos diferentes em relação à etnia, orientação sexual, cultura e gênero. O encontro disponibiliza com entrada franca um espaço para troca de experiências, estimula o aprimoramento de itens como políticas públicas e práticas empresariais – diz a curadora.

    A programação do Festival Rio Diversidade 2024 com 3 talk shows começa com o tema "Diversidade Cultural", tendo participações de integrantes da sociedade civil e do poder público. Os representantes de grupos sociais integrados por mulheres, indígenas, negros, refugiados, LGBTQIA+, entre outros, conversam com Ana Brites trazendo histórias de superação e lições de empatia e inclusão. Na sequência, "Diversidade, Empreendedorismo e Políticas Públicas" e "Juventude e Diversidade", debatendo as diferenças e a divergência de pensamento, e o evento se encerra com apresentação musical do Coro LGBTQIA+ da Rocinha.

    _ Nesse momento, é de grande importância entender o posicionamento do outro, os conhecimentos de diferentes estilos, opiniões e culturas. Além disso, coloca em pauta assuntos sobre gênero, orientação sexual, idades entre outros - acrescenta Ana.

    Coro LGBTQIA+ da Rocinha no encerramento do Festival Rio Diversidade 2024

    Para fechar a celebração no ritmo musical da diversidade, o Coro LGBTQIA+ da Rocinha vai marcar a data com um repertório composto por canções que fazem a animação da plateia. O primeiro coro LGBTQIA+ da segunda maior favela da América Latina teve início em julho de 2022 sob a regência de Anderson Vieira, ex-aluno da EMR, que hoje trabalha na instituição como professor de canto coral e coordenador de polo. A preparação vocal é assinada por Valéria Corrêa, professora e regente coral, e Murilo Emerenciano como pianista.

    _ O grupo foi formado por antigos 'alunes' da Escola de Música da Rocinha e agora conta com gente que defende a bandeira da comunidade LGBTQIA+, pessoas que respeitam a diversidade dos corpos e suas vontades, independente da cor, regionalidade ou religião. O Coro LGBTQIA+ da Rocinha também é espaço para troca e acolhimento, onde cada pessoa é estimulada a se expressar e se redescobrir através de sua voz - comenta Anderson.

    No repertório, "Memory" (Andrew Lloyd Weber - Arranjo de Mark Brymer); "Roda Viva" (Chico Buarque - Arranjo de Patrícia Costa); "O Morro Não Tem Vez" (Tom Jobim - Arranjo de Roberto Anzai e adaptação de Marcelo Recski); "Deixe A Gira Girar" (Os Tincoãs); "Metamorfose Ambulante" (Raul Seixas- Arranjo de Zeca Rodrigues).

    Participações no Festival Rio Diversidade 2024

    Ana Brites – Apresentadora dos 3 talk shows. Produtora cultural e escritora com mais de 30 anos de experiência, vem se destacando na cena cultural carioca e nacional, com projetos inéditos socioculturais, inovadores, lúdicos e tecnológicos que proporcionam uma cultura inclusiva com foco no Edutainment, educação através do entretenimento. @anabritesfreitas

    · 14h30 – Abertura: Conhecendo o Coro LGBTQIA+ da Rocinha (Escola de Música da Rocinha)

    Anderson Vieira - Licenciado em Música e Bacharelando em Regência Coral pela UFRJ. Regente do Coro LGBTQIA+ da Rocinha, cantor do Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e do Coro Ars et Anima.

    Natália Simonete - Produtora Cultural, CEO da Estufa de Ideias, gestora do Coro da Escola de Música da Rocinha.

    · 15h - Diversidade Cultural

    Roberto Montinard - Refugiado do Haiti, cofundador da ONG Mawon voltada para o empreendedorismo cultural de refugiados e migrantes, que tem a missão de transformar as jornadas migratórias em experiências legais, seguras e culturalmente ricas. https://www.mawon.org

     

    Ana Kariri - Artista e escritora. Doutora Honoris Causa pela FACETEN - Faculdade de Ciências, Educação e Teologia do Norte do Brasil, OCAA – Observatório de Comércio e Ambiente na Amazônia e FACTEFERJ - Faculdade Crista de Teologia e Filosofia do Estado do Rio de Janeiro. Liderança indígena da etnia Kariri da Paraíba.

     

    Igor Pedroso – Ator indígena manauara que já participou das produções audiovisuais: "Cidade Invisível", "A História Delas" e "Archers of the Amazon".

     

    Lian Gaia – Atriz e performancer da periferia do Rio de Janeiro. Originária dos povos Manaó e Kariri, seus trabalhos se destacam em territórios nacionais e internacionais.

    · 16h – Diversidade Empreendedorismo e Políticas Públicas

    Carlos Tufvesson – É Coordenador da Diversidade Sexual - Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Além de estilista respeitado tem experiências no setor privado, público e filantrópico. Atuante na causa LGBTIA+ há mais de 28 anos, quando começa sua trajetória na luta por direitos de pessoas com HIV. Recebeu as medalhas Tiradentes e Pedro Ernesto, o Troféu Xica Manicongo de Direitos Humanos e o "Prêmio Faz Diferença" (Jornal Globo). @carlostufvesson

    Dayana Morais - Consultora especialista em Representatividade e Impacto Social, com mais de 7 anos atuante em programas de inclusão e impacto no mercado de trabalho. Formada em Administração Pública pela UNICAMP e Especialista em Legislativo e Território pela Escola do Parlamento/SP.

    Bruna Amaral - Cofundadora e Diretora Executiva da Toti Diversidade. É empreendedora social e trabalha há 7 anos com foco em promover impacto social e inserção laboral para pessoas refugiadas, migrantes e apátridas. Integrante da Rede de Lideranças da Fundação Lemann e Embaixadora da One Young World, organização internacional com lideranças para impacto social. @toti.diversidade

    Cicero Braga – O morador da Baixada Fluminense é o idealizador da produtora independente Teto de Estrelas. Tem formações na área de fotografia pela SFF, produção de moda pela IFRJ e audiovisual pela OIJ em parceria com a JuvRio. Ele busca através dos seus trabalhos um novo olhar sobre pautas que são consideradas tabus pela sociedade, tais como, sexualidade e saúde mental.

    · 17h – Juventude e Diversidade

    Gabriella Rodrigues - Secretária Especial da Juventude Carioca - Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Formação em Gestão Pública e Administração pela UFRJ e em Economia pela University of Washington, especialista em Negócios pela FGV. @gabidagaia

    Ingrid Siss – Copresidente do Y20, grupo de engajamento de juventude do G20. É Psicóloga social e há 10 anos atua com foco na elaboração, implementação e gestão de projetos voltados para inclusão social e produtiva das juventudes. @ingrid.siss

    Adhara Sanches - Secretária Geral do Observatório Internacional da Juventude. Psicóloga. A jovem líder negra e periférica é cria de Honório Gurgel . @adharasanches

    Rafael Sousa – Cria do CPX do Lins, Sênior de Responsabilidade Social e Relacionamento com Comunidades no MatrôRio, Pesquisador na Fiotec - Fundação de apoio à Fiocruz e comunicador comunitário.

    · 18h – apresentação musical o Coro LGBTQIA+ da Rocinha.

     

    Realização: Aloha Consultoria & Eventos

    Patrocínio: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro; Secretaria Municipal de Cultura; Clínica Villela Pedras; Bap Administradora de Bens; Frontier; Logbit.

    Parceria: Secretaria Especial da Juventude; MetrôRio; Observatório da Juventude; Coordenadoria da Diversidade Sexual; Toti Diversidade; Mawon.

    SERVIÇO

    Dia: 21 de maio, terça-feira, 14h30 às 19h30

    Evento: Festival Rio Diversidade 2024

    Comemoração ao Dia Internacional da Diversidade Cultural

    • 3 talk shows – com Ana Brites e seus convidados

    • Apresentação do Coro LGBTQIA+ da Rocinha

    Local: Museu de Arte do Rio (MAR) - Endereço: Praça Mauá, 5 - Saúde, Rio de Janeiro

    Capacidade: 100 lugares – sujeito a lotação - ENTRADA FRANCA

    Mais informações:

    Festival Rio Diversidade 2024 @alohaconsultoriaeeventos



ANUNCIANTES






SIGA O Ti Ti Ti!

#TITITIDOSAMBA