NOTÍCIAS / Tudo sobre Samba

  • O Show 'NO TEMPO DOS FESTIVAIS com o Grupo AMA em única Apresentação na Sala Baden Powell

    Redação em 11 de Fevereiro de 2019

    O show musical "NO TEMPO DOS FESTIVAIS" com o grupo AMA - os músicos Andréa Montezuma (voz, violão e harmônica), Marcello Lessa (voz, violão e viola), André Gonçalves (voz, baixo e violão), Cássio Accioli (bateria e percussão) e Dodô Moraes (teclados e acordeon) - será apresentado, em única apresentação, na Sala Municipal Baden Powell, no dia 13 de fevereiro 2019, quarta feira as 20h.

     
      

    O show retrata o movimento musical, iniciado através dos festivais que dominaram 3 décadas, influenciando toda a trajetória da MPB, mudando a perspectiva, apresentando novas vertentes, novos compositores e intérpretes. Ao mesmo tempo, resgata uma história culturalmente rica, trazendo memória afetiva e prazer para os que viveram esse momento, leva referências para os mais jovens.

    A apresentação é montada para que não seja apenas um show musical, e sim, um espetáculo atraente, diferenciado, teatralizado na forma de narração da história, roteiro e um repertório escolhido com rigor, recordando os maiores sucessos surgidos nesses eventos que marcaram a história da música brasileira.

    O espetáculo é recheado de grandes sucessos que ficaram conhecidos nacionalmente através dos Festivais da Canção promovidos pelas redes de televisões da época, o que torna a plateia cúmplice em cada canção, durante toda a apresentação.

    São eles:

    - ‘A Felicidade Bate à Sua Porta’ de Gonzaguinha (1º lugar no Festival Universitário de 1969)

    - ‘Travessia’ de Milton Nascimento e Fernando Brant (2º lugar no II Festival Internacional da Canção em 1967 – Globo)

    - ‘Modinha’ de Sergio Bittencourt (1º Lugar no Festival ‘O Brasil Canta no Rio’ em 1968 – Exelcior)

    - ‘Universo no Teu Corpo’ de Taiguara (3º Lugar no V Festival Internacional da Canção em 1970 – Globo)

    - ‘Domingo no Parque’ de Gilberto Gil (2º lugar no III Festival Nacional da Música Popular Brasileira em 1967 – Record)

    - ‘Arrastão’ de Vinicius de Moraes e Edu Lobo (1º lugar no I Festival Nacional da Música Popular Brasileira em 1965 – Record)

    - ‘Ponteio’ de Edu Lobo (1º lugar no III Festival Nacional da Música Popular Brasileira em 1967- Record)

    - ‘Disparada’ de Geraldo Vandré e Théo de Barros (1º lugar no II Festival Nacional da Música Popular Brasileira em 1966 - Record)

    - ‘Quem Me Levará Sou Eu’ de Dominguinhos e Manduka (1º lugar no Festival de Música Popular Tupi em 1979)

    - ‘Cantiga Por Luciana’ de Edmundo Souto e Paulinho Tapajós (1º lugar no IV Festival Internacional da Canção em 1969 – Globo)

    - ‘Andança’ de Paulinho Tapajós, Danilo Caymmi e Edmundo Souto (3º lugar no III Festival Internacional da Canção em 1968 – Globo)

    - ‘BR3’ de Antonio Adolfo e Tibério Gaspar (1º lugar no V Festival Internacional da Canção de 1970 -Globo)

    - ‘Demônio Colorido’ de Macau (Classificada para o Festival da Nova Música Popular Brasileira - MPB 80 - Globo)

    - ‘Fio Maravilha’ de Jorge Ben Jor (1o Lugar no VII Festival Internacional da Canção de 1972 – Globo)

    - ‘Nostradamus’ de Eduardo Dussek (Classificada para o Festival da Nova Música Popular Brasileira - MPB 80 - Globo)

    - ‘Bandolins’ de Oswaldo Montenegro (3º lugar no Festival de Música Popular em 1979 -Tupi)

    - ‘O Amor é o Meu País’ de Ivan Lins (2º lugar no V Festival Internacional da Canção em 1970 - Globo)

    - ‘A Massa’ de Raimundo Sodré e Jorge Portugal (3º lugar no Festival da Nova Música Popular Brasileira - MPB 80 - Globo)

    - ‘Eu Quero é Botar Meu Bloco na Rua’ de Sérgio Sampaio (Classificada para o VII Festival Internacional da Canção de 1972 – Globo)

    - ‘Planeta Água’ de Guilherme Arantes (2º lugar no MPB-Shell Especial em 1981 -Globo)

    - ‘Roda Viva’ de Chico Buarque (3º lugar no III Festival de MPB de 1967 – Record)

    Show: NO TEMPO DOS FESTIVAIS

    Com os músicos Andréa Montezuma (voz, violão e harmônica), Marcello Lessa (voz, violão e viola). André Gonçalves (voz, baixo e violão), Cássio Accioli (bateria e percussão) e Dodô Moraes (teclados e acordeon)

    Produção, Assessoria de Imprensa e Marketing: João Luiz Azevedo

     Dia 13 de fevereiro / 2019

    Quarta Feira 20h

    Sala Municipal Baden Powell

    Av. Nossa Senhora de Copacabana 360 – Copacabana

    Capacidade: 467 lugares

    Ingresso: R$ 60,00 / R$ 30,00 (estudantes, jovens até 21 anos, idosos a partir de 60 anos, moradores de Copacabana, portadores do cartão do MetroRio)

    Duração: 70 minutos

    Classificação: Livre

    Gênero: Show Musical    



ANUNCIANTES






SIGA O Ti Ti Ti!

#TITITIDOSAMBA